Sistema Igniver - Lage Colaborante

Sistema de proteção ao fogo aplicado à chapa de aço, para reduzir a transferência térmica.

Descrição

As lajes mistas de chapa colaborante são constituídas por uma chapa de aço recortada (de forma trapezoidal ou em forma de cauda de andorinha), sobre a qual se coloca uma placa de betão.

Para uma exposição ao fogo que cumpra a respetiva normativa, as lajes de chapa colaborante devem respeitar os seguintes critérios (segundo EN 1994-1-2:2005 "Eurocódigo 4. Projeto de estruturas mistas de aço e betão. Parte 1-2. Regras gerais. Projeto de estruturas expostas ao fogo"):

  • Apenas função separadora: Integridade (critério "E") e ser for necessário isolamento térmico (critério "I").

  • Apenas função portante: Resistência mecânica (critério "R").

  • Função separadora e portante: Critérios "R" e "E", e” I” sempre que for requerido.

A resistência ao fogo das lajes mistas pode ser melhorada através de um sistema de proteção aplicado à chapa de aço, com o fim de reduzir a transferência térmica, neste caso, através da argamassa de gesso Igniver®.

  • O critério de capacidade portante "R" cumpre-se quando a temperatura da chapa de aço é inferior ou igual a 350° C (em placas mistas, sem proteção, com ou sem armadura adicional, o critério de capacidade portante "R" é, no mínimo, de 30 minutos).

  • Neste tipo de lajes, o critério de integridade "E" considera-se cumprido.

  • O critério de isolamento térmico "I" avalia-se mediante o cálculo da espessura de betão, equivalente ao sistema de proteção, a partir da espessura idónea da placa mista.

Proteção de lajes de chapa colaborante com argamassa lgniver®

Resistência ao fogo Critério “R” Espessura de aplicação (mm)
60 20
90 27
120 34

Documentação

Sistema Igniver - Lage Colaborante