Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Top Employer Global 2022 - Saint-Gobain entre os melhores empregadores do mundo pelo 7º ano consecutivo

A Saint-Gobain foi certificada como "Top Employer Global" pelo sétimo ano consecutivo. Entre os 20 critérios analisados pelo Top Employers Institute*, a Saint-Gobain fez progressos significativos este ano em 17 deles, com 12 critérios a mostrarem um aumento de 2% ou mais.  

Os 5 principais critérios que evoluíram: 

  1. Employer Brand [+6,11 %] 

  1. Engagement dos colaboradores [+4,52 %] 

  1. Ambiente de trabalho [+4,43 %] 

  1. Aquisição de talento [+4,37 %] 

  1. Off-boarding [+4,09 %] 

  2.  

Já no que toca a Portugal, a Saint-Gobain teve progressos em 12 critérios dos 20, sendo que 6 com um aumento superior a 5%.  

Os 5 principais critérios que evoluíram em Portugal: 

  1. Marca Empregador [+11%] 

  1. Organização e mudança [+10,72%] 

  1. Formação [+8,9%] 

  1. Sustentabilidade [+8,42%] 

  1. Ambiente de Trabalho [+7,92%] 

 

Os critérios que nos colocam acima de outras empresas são aqueles que reúnem os nossos colaboradores e criam um sentimento de pertença dentro da organização: o critério dos Valores e o critério da Ética e Integridade

Os critérios que salientam a determinação do Grupo em explorar e desenvolver as suas estratégias globais como empregador de eleição são também elogiados: os critérios de Estratégia Empresarial, Liderança e Estratégia de Pessoas

O que é o Top Employer? 

O selo Top Employer recompensa as melhores empresas globais avaliando aspetos incluindo os RH da organização e os processos de desenvolvimento de carreira em cada um dos seus países. É um selo atribuído localmente por país, depois por região e, por fim, por acumulação, a nível global. 

 

O selo 2022 Top Employer Global foi atribuído à Saint-Gobain graças aos 38 países da empresa que foram atualmente certificados:  

Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, República Checa, Dinamarca, Egipto, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, México, Países Baixos, Polónia, Portugal, Roménia, Arábia Saudita, África do Sul, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Tailândia, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, Estados Unidos e Vietname. 

O Egipto e o Vietname entraram na classificação este ano, o que significa que poderia ser incluído no cálculo para a atribuição da certificação do Top Employer nas suas respetivas regiões: Médio Oriente e Ásia-Pacífico, para além das duas outras regiões premiadas: América do Norte e Europa.  

Também te poderá interessar